sábado, 24 de agosto de 2013

Sequência da Vida



Não penso que quando abrir os olhos vou ter à minha frente o que mereço, não agora nem hoje... Simplesmente clareio a visão em relação à realidade. Espero, faço-me de preguiçoso mas estou por todo lado ao mesmo tempo. O que me resta é seguir. Seguir o meu próprio passo a um ritmo apropriado, mentalidade forte e paciência. Penso que amanhã será um dia mais longo e eu não sei o que vai acontecer, mas com certeza eu vou perceber que o dia de ontem, foi difícil. Talvez porque a dificuldade de atravessar cada obstáculo não está na conclusão de observadores, mas sim na alma que suportou tal desconforto. Existe uma possibilidade de continuar afastar-me para cada vez mais longe daqui, mas a verdade é que estou a tentar manter-me próximo e com os 90º abaixo da face. Por vezes não é uma tragédia, não é um assunto levado a sério por qualquer pessoa, mas é um problema. Felizmente, sou da opinião de que os problemas não tem a importância que lhe dão, a importância está de acordo com o  impacto que tem sobre a pessoa que é atingida por eles. Portanto, porquê julgar? Porquê não ajudar? Porquê não respeitar o espaço de cada um? Não é? Atitudes contraditórias mas com algo em comum, respeito. Há varias formas de agir e lidar, e sinceramente eu acho que as pessoas é que acabam sempre por complicar. Infelizmente esse é um acto muito comum em todos nós. Temos de perceber que a vida em que cada um está metido é uma complicação, é difícil, e há momentos para tudo. Por mais que queiramos que não, todos sabemos que a estabilidade não dura a tão longo prazo assim, muito menos para sempre. Altos e baixos, esse é o nosso ritmo cardíaco e também a estrada que seguimos, independentemente das escolhas que sejam tomadas. A sequência é o que nos faz sentir vivos, basicamente são um conjunto de pensamentos meus que giram em torno daquela que eu considero ser a lei da vida. 

2 comentários: